sexta-feira, 22 de junho de 2012

flor

um asfalto brota na flor feia
no belo asfalto que hamoniza o mundo


sublime de betume e brita

a flor mancha
a beleza escura da estrada

e isso é belo
o homem se florifica
e se suja de natureza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

não sou poeta maldito, mas amaldiçoo todos os que lerem e não comentarem [risos] calma, podem comentar a vontade