terça-feira, 15 de novembro de 2011

fornicação

peço um repeat de te comer de repente
enquanto meu beijar é uma gozada velha na tua garganta
dos minutos que beijei teu deap throat
nas sombras dos dejetos
fumei de tua boca o cigarro
sorri de teus dentes teu sorriso
e no fim
você engoliu tudo entre seus lábios