terça-feira, 3 de agosto de 2010

desculpas

caro leitor,

sinto muito pelas tradições,
lamento pelos bons costumes
e pela moral burguesa,
mas as assassinei há muito tempo,
afogadas no lago da minha melancolia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

não sou poeta maldito, mas amaldiçoo todos os que lerem e não comentarem [risos] calma, podem comentar a vontade