segunda-feira, 28 de junho de 2010

soneto 16

aceite tudo
não rejeite nada
seja pessoal e parcial
desapegue-se do amor
coma as virgens santas e descarte
engane mocinhas
dê o cu para o mundo
acenda seu cigarro torto
goze nas fotos de cristo
pois és perecível
e só assim serás perecível

sábado, 5 de junho de 2010

a falta de fé
e a verdade morta
das doutrinas de cristo
voltaram ao mundo da morte
e quebraram a escadaria do céu
o confuso ciclo da natureza só fez isso:
transformou deus em mercadoria e meretríco